Viagens, vacas, pedras e soja.

Da ultima vez que me sentei para escrever, e parece-me já há tanto tempo, foi apenas há 3 dias. Entretanto tanta coisa aconteceu.

Saí de Puerto Iguazú, Argentina, de autocarro, com destino a Buenos Aires. Partida às 18:00 e chegada no dia seguinte às 14:00. Já tinha estado 9:30 dentro de um avião, agora foi a vez de estar 20 horas dentro de um autocarro. Em todo caso, foi menos penoso do que imaginei à partida. Fizemos uma paragem para jantar, e depois deu para dormir e tudo. Especialmente, porque decidi pagar um pouco mais pelo bilhete e tive direito a cadeira reclinável e filmes. Por isso, foi jantar, ver um filme e dormir.

... e ainda deu para ver um belo fim de tarde.

… e ainda deu para ver um belo fim de tarde.

A viagem é feita por uma estrada (boa) que, de alguma forma, acompanha as fronteiras da Argentina, Uruguai e Brasil. Resultado? Recebi 27 mensagens no telemóvel,  daquelas automáticas, com informação dos preços do roaming.

Lá cheguei a Buenos Aires e segui, de metro, até ao hostel. Simples e barato, foi só seguir as indicações que me tinham enviado quando fiz a reserva.

Foi chegar, tomar banho, tratar de saber como se podia ir para Montevideu, Uruguai, no dia seguinte, jantar e dormir.

Todos muito simpáticos… mas incompetentes!

Marcaram-me viagem de barco+autocarro para o dia seguinte de manhã, via Colónia de Sacramento, no Uruguai. Perfeito, porque assim chegava cedo a Montevideu (total são cerca de 3, 4 horas de viagem). Perguntei “como chego ao porto para apanhar o barco?”, resposta foi “não te preocupes, só tens de estar aqui às 8:00, alguém te vem buscar…”. Ainda mais perfeito.

Pois, só que o perfeito não existe. Quando passava pouco das 8:00 perguntei se estava tudo bem, porque ainda ninguém me tinha dito nada. Conclusão, e depois de fazerem um ar espantado… o barco sai às 7:00 e sim, eu tinha de ir para lá pelos meus meios.

Expliquei tudo, não me quis chatear, devolveram-me o dinheiro (a diferença, porque me marcaram novo barco para as 11:50), disse-lhes (tudo isto calmamente, que com este calor não vale a pena perder a calma…) que tinham prestado um péssimo serviço, meti-me num táxi e lá fui eu.

Cheguei ao porto cedo. Por isso, tratei de reorganizar o dia. Já que ia de barco para Colónia de Sacramento, Uruguai, e depois seguia de autocarro para Montevideu, fiquei a imaginar se daria para passar a tarde em Colónia de Sacramento (onde pensava ir na próxima semana quando estivesse em Buenos Aires). Colónia de Sacramento foi fundada por Portugueses em 1680 e é Património da Humanidade. Existe um Museu Português e tudo…

Fiz a travessia de barco (em menos de uma hora), fui à estação de autocarros (deixei a mochila e comprei bilhete para o fim da tarde) e segui para a parte antiga da cidade (que fica a meia dúzia de quarteirões da estação). Pelo caminho, passei por um “tasco” de grelhados e comi um “assado” (bem bom que estava. Pode ser que um destes dias me farte da carne grelhada, mas por enquanto estou a adorar..).

Image

Image

Image

Image

Image

Vista para o Rio de la Plata

Vista para o Rio de la Plata

A parte antiga de Colónia é de facto muito arranjada, bonita de ver e boa para passear durante umas horas. Acabou em bem o “azar”, porque assim vi a cidade e poupei o dinheiro de vir até cá na próxima semana.

Ao fim da tarde, apanhei o autocarro para Montevideu e vi três coisas que me chamaram a atenção.

Vacas, muitas. Mas isso é comum também na Argentina.

Enormes campos de soja (depois de passar tempos e tempos a tentar perceber que planta era aquela, já que me pareciam batateiras, vi um cartaz a dizer “Super Soya, semillas Nidera”. Se calhar são daquelas geneticamente modificadas…).

E pedras. Sim, porque ainda não tinha visto pedras. Por aqui é tudo plano e sem pedras. Mas ontem lá vi uns “calhaus” como aqueles que de vez em quando se encontram, em viagem, pelas planícies alentejanas.

Chegado a Montevideu foi apanhar um autocarro e chegar facilmente ao hostel, tomar um banho e seguir para jantar com os “vizinhos” aqui do quarto.

Praça mesmo à saída da estação de autocarros, com bandeira do Uruguai

Praça mesmo à saída da estação de autocarros, com bandeira do Uruguai

Querem saber o que é multiculturalidade? Numa equipa de cinco havia um finlandês e uma finlandesa, uma norueguesa (de origem coreana), um sueco (de mãe sueca e pai cabo-verdiano) e eu.

Lá tivemos de ir jantar … uns grelhados.

Hoje foi dia de dormir um pouco mais, responder a emails e mensagens de Facebook e actualizar o blogue.

Agora vou sair, dar uma volta pela parte antiga da cidade (já tenho mapa, daqueles mesmo à turista e tudo) e ver como é Montevideu.

Até breve.

PS: Amanhã faço uma corrida de 10 kms, patrocinada pela Alexandra Torres, que fez uma doação para a Alzheimer Portugal. Obrigado, Alexandra.

Advertisements

7 responses to “Viagens, vacas, pedras e soja.

  1. Estás em Montevideu?!?! Uau! Se puderes, vai ao mercado del Puerto, é fabuloso!!!! Beijos e diverte-te 🙂

  2. s o Mximo, quem me Estar no Teu Lugar!

    Em 2013/02/15 15:50, “Correr pelo Mundo” escreveu:

    ** AntonioCastanheiraAlves posted: “Da ultima vez que me sentei para escrever, e parece-me j tanto tempo, foi apenas 3 dias. Entretanto tanta coisa aconteceu.Sa de Puerto Iguaz, Argentina, de autocarro, com destino a Buenos Aires. Partida s 18:00 e chegada no dia seguinte s 14:00. “

  3. Estou a adorar as tuas crónicas ! Diverte-te ! Bjs

  4. Aproveita bem esses grelhados, ainda não provei carne melhor que a produzida na América Latina… dê preferência às Brasileiras e Uruguaias 😉 …e qto ao atendimento em Buenos Aires, fazer o quê? São Argentinos e Argentinos são Argentinos… rsrsrsrssssssssss…
    Bjo grande e continue a arranjar tempo para nos deliciar com os teus relatos!

  5. Tó, já andei por aí há uns anos. Sacramento é de chorar…
    Abraço

  6. Multiculturalidade….esqueceste o Tuga com ares de Irlandês!!!!…grande sócio…continua em grande

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s