Adios Chicos…

Os “portenõs” despedem-se assim, com um “adios chico”. Por isso, e como estou de partida para Sul, depois de ficar mais um dia em Buenos Aires do que tinha planeado inicialmente, está a chegar a hora de dizer “adios chicos” a Buenos Aires…

Mas não sem antes fazer a inevitável corrida na cidade.

Esta corrida foi a primeira que me foi pedida, gentilmente patrocinada pelo Nuno Constâncio, que fez uma doação para a Acreditar. E fez-me um pedido específico… “correr 10 kms, acabar no estádio “La Bambonera” e depois ver um jogo do Boca Juniors…”

Na altura, pareceu-me bem… mas isto de viajar sem conhecer os locais leva a “desventuras”. E este foi um (… o primeiro, felizmente) desses casos. Porquê? Enquanto estive em Buenos Aires, o Boca Juniors nunca jogou em casa. Até aqui a “coisa” até dava para resolver… Corria até lá e pronto (não há jogo, não há nada a fazer). Mas a “desventura” continuou… Como? Ontem preparei-me para correr cedo, estudei o mapa, meti uns pesos no bolso para o caso de me perder, liguei o GPS e lá fui eu à aventura. Corria, ia confirmando o destino mentalmente… tudo ia tranquilo até fazer uma “esquerda” em vez de uma “direita”… e segui em direcção a Puerto Madero. Bom para correr … mas estava a ir em sentido contrário a La Boca!

Visto assim até parece fácil chegar a "Boca"

Visto assim até parece fácil chegar a “Boca”

Ora como temos de ter capacidade de improvisação, e para não voltar para trás … e correr o risco de me perder novamente, decidi seguir e fazer 10 kms.

Em Puerto Madero

Em Puerto Madero

Puerto Madero é uma zona nova da cidade, assim muito o “Parque das Nações”, em Lisboa. Moderna, com mistura de serviços e habitação. Bonita.

Image

Image

Foram daqueles 10 kms, citadinos, do pára-arranca, com barulho, confusão, mas que deram para conhecer um pouco mais da cidade. Pena não ter sido a parte certa da cidade. Por isso, Nuno Constâncio, se me estás a ler, desculpa não ter conseguido realizar o pedido (pelo menos na parte que me era possível…). Vou começar a correr com GPS, mapa e bússola (é capaz de ser o melhor…). Isso, e fazermos uma corrida juntos quando voltar para Lisboa, que tal?

La Boca

La Boca

... super turístico

… super turístico

É que correu tudo “tão bem”, que voltei mais tarde a “La Boca”, tirei fotos e ia até ao “La Bambonera” tirar uma foto. Ir até lá, eu fui, e era o mínimo que podia fazer. Fotos? Pois, para completar o dia fiquei sem bateria na máquina! Muito bom, nada como um dia em que tudo corre bem. Parece quase o scketch dos Gato Fedorento (a minha vida dava um filme indiano), quando um deles diz “o dia até me estava a correr bem…”.

Nota final para agradecer os muitos contactos que vou recebendo por email, mensagens de Facebook e através do blogue. Obrigado a todos e uma saudação especial para a Amanda e Eduardo. Foi bom ter tido noticias vossas.

“Hasta”… e daqui para a frente não sei quando será (por causa da Internet). Em breve, eu espero…

Anúncios

One response to “Adios Chicos…

  1. Ir a Buenos Aires e não ir a La Boca ou não beijar o El Pibe é como ir a Roma e não ver o Papa (seja ele qual for). Aguarda-te uma penitência. Acho que em Ushuaia não vão ser 10km……

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s